Mendonça age para evitar desgastes no STF com ‘dossiê’

Nosso sócio Davi Tangerino participou de reportagem do Estadão sobre as tentativas do ministro da Justiça André Mendonça para evitar desgastes junto ao STF após a elaboração de um dossiê sobre servidores identificados como “antifascistas”.

Apontado como um dos favoritos para a vaga que será aberta em novembro, com a aposentadoria de Celso de Mello, Mendonça passou os últimos dias em contato com os integrantes da Corte para dar a sua versão, segundo a matéria.

“A atitude do ministro perante a Corte é um sinalizador de como ele enxerga o equilíbrio entre os Poderes”, avaliou Davi. “Eventual leitura de que, na condição de ministro da Justiça, desprestigiou o Supremo acarretará inevitável desgaste à sua indicação. Afinal, parece ser requisito mínimo que o indicado demonstre profundo respeito à função que postula.”

Acesse o conteúdo na íntegra aqui.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.