Sergio Moro: decisões julgadas em turma não podem ser revistas por plenário do STF

 publicou artigo de nosso sócio Davi Tangerino, escrito em coautoria com a professora Eloisa Machado, no qual fazem uma análise do julgamento de suspeição do ex-juiz Sergio Moro na 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

No texto, os autores destacam que as decisões adotadas em turmas do STF não podem ser revistas pelo plenário.

Confira análise completa no link: https://bit.ly/2OwUTe8

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.